quarta, 15 de agosto de 2018
SIGA-NOS

Dia “D” da Campanha Novembro Azul em Mari tem número elevado de participação de homens e surpreende organizadores



Publicado em terça-feira, novembro 21, 2017 · Comentar 

O Município de Mari, localizado na Zona da Mata Paraibana, através da Secretaria Municipal de Saúde, promoveu nesta segunda-feira (20), mais uma ação voltada à saúde do homem como parte das atividades da Campanha denominada “Novembro Azul”.

A ação foi realizada nas dependências do Posto de Saúde do Centro do Município, e na ocasião foram realizados cerca de 150 testes específicos  do PSA (Prova do Antígeno Prostático) que possibilita detectar possíveis  sintomas de problemas na próstata. Também foram realizados  serviços de consultas médicas com clínico geral e urologista, exame de eletrocardiograma, testes rápidos para medir taxas de colesterol e triglicerídeos, aferição  de pressão arterial e glicemia, além de avaliação nutricional.

De acordo com Emanuelle Chaves, Secretária de Saúde do Município, a ação foi importante para o esclarecimento de dúvidas sobre o câncer de próstata bem como os cuidados sobre à saúde dos homens. Segundo ela, o comparecimento do público alvo superou a expectativa, onde cerca de 250 homens compareceram ao evento. “Estamos felizes pelo comparecimento da população masculina ao nosso chamamento. Acreditamos que isso é fruto do trabalho de toda nossa equipe que vem buscando a conscientização e o cuidado com a saúde masculina. Esse momento foi importantíssimo  para um despertar sobre os cuidados  com a saúde do homem e estaremos com os nossos PSF’s abertos para atender aqueles que não conseguiram o atendimento, tendo em vista a grande demanda apresentada”, considerou.

Cerca de 1 em 7 homens será diagnosticado com câncer de próstata durante a vida, sendo a terceira principal causa de morte por câncer em homens. O câncer de próstata pode ser uma doença grave, mas a maioria dos homens diagnosticados com a doença, não morrem por causa dela. Os sintomas incluem dor lombar, problemas de ereção, dor na bacia ou joelhos e sangramento pela uretra. No entanto, a maioria dos cânceres de próstata não causam sintomas até que atinjam um tamanho considerável.

As ações foram realizadas por toda a equipe de saúde: médicos, enfermeiros, auxiliares de enfermagem e agentes comunitários de saúde e endemias. Esta foi a estratégia da Secretaria de Saúde neste abno para que os homens recebessem orientações sobre os riscos de não cuidar da saúde e os benefícios que esta atitude proporciona.

Da Redação 
Com Assessoria

 

Comentários


SIGA-NOS

Todos os direitos reservados - Proibida reprodução total ou parcial deste site sem aviso prévio

Copyright © 2017 - ExpressoPB - CNPJ: 10.962.007/0001-48