Alvo de operação, prefeito paraibano diz que foi ‘bem tratado’ pela PF em sua casa na manhã desta terça-feira


O prefeito de Malta, Nael Rosa (PMDB), resolveu falar a respeito dos mandados de busca e apreensão que foram cumpridos, pela Polícia Federal, na sua casa e na Prefeitura, nesta terça-feira (21), na 3ª fase da Operação Desumanidade.

Nael explicou que preza pela transparência e que estar colaborando com as investigações. “A gente respeita a justiça, eles estão cumprindo com o seu papel. A CGU veio aqui em casa com a Polícia Federal nos tratou muito bem”, destacou.

A ação tem por objetivo desarticular um esquema de fraude a licitações e desvios na aplicação de verbas federais na contratação de empresas de fachada para a construção de obras públicas no Município de Malta.

Da Redação 
Com Wscom

Comentários

Artigos relacionados

Leave a reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *