Alerj livra da prisão Picciani, Albertasse e Melo; justiça bloqueia bens deles e de mais 10


O Tribunal Regional Federal da 2ª Região (TRF-2) pediu o bloqueio de bens de 13 pessoas e 33 empresas investigadas pela Operação Cadeia Velha. Entre eles estão os três deputados estaduais do PMDB cujas prisões foram anuladas pela Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro (Alerj).

Segundo o G1, Jorge Picciani tem bens no valor de R$ 154.460.000, 00; Paulo Melo de R$ 108.610.000,00;e Edson Albertassi, de R$ 7.680.000,00.

Além do bloqueio, o desembargador federal Abel Gomes pediu a prorrogação por mais cinco dias das prisões temporárias de Felipe Carneiro Monteiro Picciani, Ana Claudia Jaccoub, Marcia Rocha Schalcher de Almeida e Fabio Cardoso, todos também investigados na Cadeia Velha.

Leia também: No RJ: Desembargadores votam pela prisão de Picciani, Albertassi e Melo

Da Redação 
Com Noticias ao Minuto

Comentários

Artigos relacionados

Leave a reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *