ExpressoPB

Brasil vence Japão em 1º jogo de Tite na Europa


O Brasil passou sem sustos pelo Japão em amistoso disputado na manhã desta sexta-feira (10) em Lille, na França. Com três gols no primeiro tempo, de Neymar, Marcelo e Gabriel Jesus, a seleção de Tite sofreu poucos sustos e venceu por 3 a 1. Os japoneses marcaram com Makino, de cabeça após cobrança de escanteio. Na segunda etapa, o ritmo caiu um pouco e os asiáticos tentavam diminuir a vantagem em jogadas aéreas.

O jogo serviu para o comandante fazer diversos testes com seus jogadores, como foram os casos de Danilo, Jemerson, Thiago Silva, Fernandinho e Giuliano, que foram titulares. No segundo tempo, ele promoveu as seis substituições, dando chance, inclusive, para Cássio. O destaque ficou para o lateral direito, que mostrou para seu comandante que merece ser o reserva de Daniel Alves na Copa.

A partida ainda ficou marcada pelo uso do árbitro de vídeo. A tecnologia interferiu duas vezes durante a partida. Na primeira, para apontar pênalti para o Brasil, que desperdiçou com Neymar, e, depois, para dar cartão amarelo justamente para o camisa 10 brasileiro por um tapa no adversário.

O Brasil agora se prepara para mais um amistoso preparatório para o Mundial da Rússia de 2018. O desafio será a Inglaterra, às 18h de terça-feira.

Público ruim

Em campo pela primeira vez na história de Lille, a seleção brasileira não conseguiu atrair a atenção dos fãs de futebol da cidade ao norte da França. Ao menos no horário incomum das 13h (local, às 10h em Brasília) marcado para o jogo desta sexta-feira (10) no estádio Pierre-Mauroy. Reformado para a Eurocopa de 2016 e com capacidade para pouco mais de 50 mil espectadores, o moderno estádio recebeu 16.922 pessoas para o amistoso.

Árbitro de vídeo

O amistoso teve uma intervenção do árbitro de vídeo logo no seu início. O juiz central Benoit Bastien foi avisado pelos seus companheiros que acompanhavam ao jogo pela televisão que Fernandinho havia sido agarrado na área. Logo após o lance, ele sinalizou que tinha recebido o aviso do árbitro de vídeo e apontou para a “marca do cal”. Neymar converteu e abriu o placar para os pentacampeões. Depois, a tecnologia voltou a ser usada para dar cartão para Neymar, já no segundo tempo. Ele foi flagrado dando um tapa na cara do adversário.

Neymar quebra jejum, mas erra pênalti

Neymar estava há quatro jogos sem balançar as redes com a camisa da seleção brasileira. Com o gol nesta sexta, ele volta a marcar pela primeira vez depois de ter feito no jogo contra o Paraguai, pelas Eliminatórias. Minutos depois de “tirar a zica”, ele teve a chance de fazer o segundo, mas errou a batida de pênalti e viu Kawashima fazer a defesa.

Marcelo faz golaço e Jesus honra fama de artilheiro

Logo depois de ver Neymar errar a cobrança, Marcelo tratou de fazer um golaço. O lateral esquerdo aproveitou afastada malfeita pelos japoneses para acertar um chute de fora da área batendo de primeira. E com a perna direita. Um golaço do lateral esquerdo. Depois, foi a vez de Gabriel Jesus fazer seu oitavo gol com a camisa da seleção em 12 jogos. O ex-palmeirense aproveitou belíssima trama entre Casemiro, Willian e Danilo para completar cruzamento no segundo pau e fazer o terceiro.

Cássio recebe chance na seleção

Convocado mais uma vez para a seleção brasileira, Cássio finalmente teve chance de entrar em campo. O goleiro substituiu Alisson no intervalo para o segundo tempo e, logo no primeiro lance, precisou trabalhar para evitar um gol. No primeiro tempo inteiro, Alisson não tinha tocado na bola e viu o Japão chegar apenas uma vez com perigo em batida de falta que parou no travessão. Depois, aos 15 minutos do 2º tempo, o corintiano foi vencido por Makino em cabeceio após cobrança de escanteio.

Tite volta a testar Diego Souza e vê Marcelo sair machucado

A cada jogo que passa, Gabriel Jesus parece garantir sua vaga na Copa do Mundo. O que ainda resta a dúvida é sobre quem será o seu reserva. No amistoso, Tite aproveitou para testar Diego Souza, que já havia recebido chances em jogos como o amistoso contra a Austrália. Marcelo também precisou deixar o gramado por sentir dores na perna e foi substituído por Alex Sandro.

Depois, perto dos 30 minutos do 2º tempo, a escalação era quase toda reserva: Cássio, Danilo, Jemerson, Thiago e Alex Sandro; Casemiro, Fernandinho, Giuliano; Douglas Costa, Taison e Diego Souza. Neste momento, o Japão conseguiu incomodar um pouco mais a seleção.

FICHA TÉCNICA

JAPÃO 1 x 3 BRASIL

Data e horário: 10/11/2017 (sexta-feira), às 10h (de Brasília)

Local: Estádio Pierre-Mauroy, em Lille (França)

Árbitro: Benoit Bastien (França)

Auxiliares: Hicham Zakrani e Frédéric Haquette (ambos da França)

Árbitro de vídeo: Nicolas Rainville, auxiliado por Amaury Delerue (ambos da França)

Cartões: Yoshida, Haragushi, Idegushi e Sakai (JAP); Neymar (BRA)

Gols: Neymar, aos 9 min, Marcelo, aos 17 min e Gabriel Jesus, aos 35 min do 1º T; Makino, aos 15 min do 2º T

Japão

Kawashima; Hiroki Sakai, Yoshida, Shoji e Nagatotomo; Yamaguchi, Hasebe (Morioka), Ideguchi (Endo); Haraguchi, Osako (Sugimoto) e Haraguchi (Inui) Técnico: Vahid Halilhodzic

Brasil

Alisson (Cássio); Danilo, Jemerson, Thiago Silva e Marcelo (Alex Sandro); Casemiro, Fernandinho, Giuliano (Renato Augusto), Willian (Taison) e Neymar (Douglas Costa); Gabriel Jesus (Diego Souza) Técnico: Tite

UOL

Comentários

Artigos relacionados

Leave a reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *