sexta, 17 de agosto de 2018
SIGA-NOS

Brutalidade: Mulher mata gari em Alagoinha e deixa faca encravada no peito



Publicado em quarta-feira, novembro 1, 2017 · Comentar 

Um assassinato foi registrado na madrugada desta terça-feira (31). A vítima era conhecido pelo nome de ‘Deca Gari’, de aproximadamente 45 anos de idade e trabalhava na Prefeitura de Alagoinha. Ele foi morto com uma perfuração de faca peixeira no peito direito. A faca ficou encravada no peito da vítima. O crime aconteceu na Rua do Sol, em Alagoinha.

De acordo com o comandante do 4º Batalhão de Polícia Militar, tenente-coronel Gilberto Felipe, uma mulher identificada pelo nome de Lúcia foi presa em flagrante e está sendo acusada de cometer o homicídio.

De acordo com a PM, Deca foi visto na noite de ontem (30) em companhia da acusada do crime. Eles estariam num bar e depois de fechado o estabelecimento, Lúcia teria convidado o homem para beber em sua casa.

Em depoimento na delegacia, Lúcia contou que Deca teria tentado manter relação sexual sem o consentimento dela, o que caracterizaria estupro. Furiosa, a mulher sacou uma faca e desferiu um golpe mortal no peito de Deca, que morreu no local.

O filho de Lúcia, um adolescente de 16 anos, contou que acordou por volta das 3h da madrugada e se deparou com a cena do crime, mas não soube apresentar mais detalhes sobre o caso e apenas a versão da mulher foi colhida até agora.

Da Redação 
Com Portal 25 Horas/Foto: Cristiano Alves

Comentários


SIGA-NOS

Todos os direitos reservados - Proibida reprodução total ou parcial deste site sem aviso prévio

Copyright © 2017 - ExpressoPB - CNPJ: 10.962.007/0001-48