Filho de prefeito do Sertão preso suspeito de matar uma pessoa teve motivação política, diz delegado


Delegado explica prisão (Foto reprodução do vídeo do G1)

O filho do prefeito de Teixeira, no Sertão da Paraíba foi preso em uma operação policial nesta quinta-feira (5), suspeito do crime de homicídio, que teve como vítima fatal Antônio Claudeonor Nunes, ocorrido em julho deste ano. Segundo o delegado Demétrius Patrício, que comandou a operação denominada ‘Crida’, nome em referência ao apelido da vítima, a motivação do crime foi política, pois Claudeonor fazia oposição atual gestão municipal.

Leia também: Filho de prefeito é preso suspeito de ser mandante de assassinato no Sertão do Estado

Edimilson Alves dos Reis Filho é o suspeito, segundo a Polícia Civil. Claudeonor foi morto com um tiro de espingarda nas costas em uma rodovia que liga as cidades de São José do Bonfim e Teixeira. Os advogados e familiares de Edimilson Filho não permitiram que a imprensa falasse com ele.

Segundo o delegado, o filho do prefeito também é suspeito de tentativa de homicídio do filho de Claudionor e a morte do pai seria uma queima de arquivo. “Mas os dois crimes têm motivação política, já que o grupo fazia oposição e denúncias contra o município de Teixeira”, explicou Demétrius Patrício.

Na operação mais quatro pessoas foram presas em cumprimento de mandados. Foram apreendidas três pistolas 380, que estão no nome de investigados, mas vão ser periciadas para que seja feito confronto balístico, e mais duas espingardas de calibres diversos.

Segundo o delegado, os presos vão ser levados para o presídio de Patos e o crime não prevê fiança. As prisões são temporárias de 30 dias, podendo ser prorrogadas por mais 30 ou relaxadas, se a Justiça determinar.

A redação do Diário do Sertão tentou contato com a prefeitura de Teixeira para chegar até a defesa do suspeito, porém sem êxito, entretanto fica aberto o espaço, caso queira se pronunciar.

Da Redação 
Com G1 via Diário do Sertão

Comentários

Artigos relacionados

Leave a reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *