terça, 16 de outubro de 2018
SIGA-NOS

Em novo vídeo, filho de vice-prefeita de MME dirige carro em festa de aniversário



Publicado em quinta-feira, setembro 28, 2017 · Comentar 

Um novo vídeo postado no próprio Instagram da vice-prefeita do município de Mamanguape, Baby Helenita (PRTB), mostra o filho dela, de 11 anos, dirigindo outro carro em uma festa de aniversário. A gravação também mostra uma mulher, que seria a vice-prefeita, ao lado do garoto enquanto ele dirige. (VEJA VÍDEO ABAIXO)

O novo vídeo contrasta com o relato da própria vice-prefeita durante entrevista nesta quarta-feira (27), na qual ela afirmou que não concordava com a ação do filho e que a ausência dela teria motivado a ação do garoto.

Veja o vídeo abaixo, com a imagem da criança desfocada, de acordo com o que determina o Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA).

 

“Eu acordei hoje, me deparei com esse vídeo. Estou aqui não como vice-prefeita, mas como mãe e cidadã vim trazer meu filho aqui [na delegacia] para se retratar perante a polícia porque não é esse o ensinamento que dou na minha casa. Acredito que a minha ausência fez com que o meu filho cometesse esse ato ilícito. Ele aprendeu a dirigir sozinho, com 11 anos de idade, sabe andar de jet ski, é um menino muito desenrolado”, afirmou a vice-prefeita, quando saiu o primeiro vídeo sobre o caso.

Procurada para comentar o novo vídeo, a vice-prefeita não atendeu as ligações. Já o assessor de comunicação afirmou que ela não falaria mais sobre o assunto, mas considerou que o novo vídeo não mostra ‘nada de mais’ e nenhuma infração, já que o garoto estava dirigindo o veículo na granja da família.

Porém, de acordo com o Código de Trânsito Brasileiro (CTB) é crime “permitir, confiar ou entregar a direção de veículo automotor a pessoa não habilitada, com habilitação cassada ou com o direito de dirigir suspenso”.

A polêmica começou quando a criança de 11 anos gravou um vídeo enquanto dirigia um carro pelas ruas de Mamanguape, ao lado de outro menino. Os dois cantam e xingam a Polícia Militar, que estava por perto em uma viatura.

O major Alberto Filho disse que os policiais não viram que o carro tinha apenas crianças por causa do vidro fumê. Segundo a Polícia Militar, o vídeo e as informações foram entregues à Corregedoria da PM para que a situação seja apurada. A Promotoria da Infância e Juventude vai acionar criminalmente os pais das crianças.

Da Redação 
Com Portal Correio

Comentários


SIGA-NOS

Todos os direitos reservados - Proibida reprodução total ou parcial deste site sem aviso prévio

Copyright © 2017 - ExpressoPB - CNPJ: 10.962.007/0001-48