quinta, 18 de outubro de 2018
SIGA-NOS

Ex-cabo da Polícia Militar assassinado em Guarabira teria sido morto por vingança, diz criminoso



Publicado em segunda-feira, setembro 4, 2017 · Comentar 

Assassino confesso de um ex-cabo da Polícia Militar, o jovem Sebastião José de Souza, de 25 anos, natural de Princesa Isabel, assegurou que matou para se vingar de uma “surra” que tomou do policial há cerca de 10 anos, no Sertão paraibano.

Leia também: Ex-policial é assassinado dentro de feira em Guarabira, no Brejo e assassino é preso momentos depois

Um vídeo gravado por policiais com Sebastião preso na delegacia, circula nas redes sociais com a confissão de que ele veio apenas para matar o ex-PM. O crime ocorreu no final da manhã deste sábado (2), no meio da feira-livre de Guarabira.

Tenório Pereira de Souza foi morto com três tiros ao lado do Armazém Paraíba, no mercado público da cidade. Os tiros causaram pânico aos feirantes e clientes. O criminoso foi preso instantes depois do homicídio por um policial que estava à paisana.

O ex-policial morto estaria trabalhando de segurança em Guarabira, vindo de Patos, Sertão da Paraíba, em razão ter assassinado um vereador e o pai do parlamentar, em 2006, na cidade de Tavares-PB.

Segundo o que foi apurado por nossa reportagem, Tenório estava excluído da PM, justamente em razão desse duplo homicídio praticado. A Polícia Civil investiga se o crime foi encomendado.

Da Redação 
Com Portal 25 horas

Comentários


SIGA-NOS

Todos os direitos reservados - Proibida reprodução total ou parcial deste site sem aviso prévio

Copyright © 2017 - ExpressoPB - CNPJ: 10.962.007/0001-48