Gestão de Melquíades Nascimento em Mulungu, no brejo, termina agosto envolto a denúncias de maus serviços


O mês de agosto é tido como o mês do azar. Essa realidade parece ter se abatido a pequena cidade de Mulungu, no Brejo Paraibano. A gestão do Prefeito Melquíades Nascimento que o diga. Nas últimas 24 horas o governo mulunguenese sofre um verdadeiro bombardeio na imprensa.

Nas emissoras de rádio de Guarabira o ‘sarrafo’ não para. O radialista Fabiano Lima chegou a dizer que antes de ser prefeito ‘Mel’, como é chamado pelos mais próximos, não deixava os estúdios das emissoras de João Rafael, mas que agora atende se quer o telefone.

Na mídia online, o clima não é diferente, os portais e blogs da cidade e da região expõe a precária realidade dos serviços públicos oferecidos pela prefeitura de Mulungu.

Enquanto o ‘sarrafo’ come no centro, aliados não se propõe a defender a gestão e ao prefeito, segundo informações que circulam nos bastidores da política local, o prefeito não dialoga com aliados e ignora qualquer orientação dada pelos mais próximos.

Se o prefeito não está preocupado, daí ninguém dará a cara a bater para defendê-lo. Em tese, Melquíades Nascimento termina agosto cumprindo o que diz a lenda sobre o referido mês: com desgosto, para ele e para a própria cidade.

 

Da Redação 
Do ExpressoPB

Comentários

Artigos relacionados

Leave a reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *