sexta, 17 de agosto de 2018
SIGA-NOS

Jullys reduz período de licença médica para 10 dias e minimiza investigação do CRM



Publicado em sexta-feira, agosto 18, 2017 · Comentar 

O deputado estadual Jullys Roberto, do PMDB, minimizou a iniciativa do Conselho Regional de Medicina para apurar a licença médica, que ele deu entrada, essa semana. O parlamentar disse que está à disposição do Conselho e que está tranquilo sobre o caso.

– Houve uma repercussão grande eu achei até um pouco sem necessidade pelo fato de que eu preciso mesmo me desfazer. Estou às ordens do CRM e de todos os órgãos competentes que quiserem averiguar minha licença. Estou tranquilo com relação a isso e acho uma grande necessidade o CRM fazer isso. Não tenho nenhum motivo para questionar isso – disse.

Por conta da licença médica do parlamentar, o presidente do Conselho Regional de Medicina, João Medeiros, informou que o CRM iria investigar os atestados promovidos à Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB).

O objetivo era apurar  se os deputados usam o documento para se afastar da Assembleia por questões políticas.

Nesta sexta-feira (18) foi publicado o pedido de licença de Roberto, no Diário do Poder Legislativo, mas com uma novidade. Em vez de 121 dias de licença para tratamento de saúde, o deptuado solicitou apenas 10 dias para os procedimentos médicos. O restante do afastamento teve como justificativa interesses particulares;

 

Da Redação PB Agora

Comentários


SIGA-NOS

Todos os direitos reservados - Proibida reprodução total ou parcial deste site sem aviso prévio

Copyright © 2017 - ExpressoPB - CNPJ: 10.962.007/0001-48