quarta, 15 de agosto de 2018
SIGA-NOS

Defensoria entra com ação para adiar fim do racionamento em Campina Grande



Publicado em quarta-feira, agosto 16, 2017 · Comentar 

A Defensoria Pública do Estado da Paraíba entrou com uma ação na tarde desta terça-feira (15), na 2ª Vara da Fazenda Pública de Campina Grande, contra a Companhia de Água e Esgotos da Paraíba (Cagepa) e o Governo do Estado da Paraíba para que o racionamento de água em Campina Grande e mais 18 municípios não termine no dia 26 de agosto. A ação foi ajuizada  contra o Governo do Estado e a Cagepa, contestando que o volume do açude Epitácio Pessoa ainda é baixo para se encerrar o racionamento.

Segundo com o coordenador da defensoria em Campina Grande, José Albíno Bezerra, acabar com o racionamento nessa data é irresponsabilidade. “O pensamento da defensoria é que o racionamento deve continuar. Nós temos dados técnicos que dizem que não tem sentido acabar (na data anunciada). Não está chovendo, existem muitos desvios de água no percurso das águas (da transposição do Rio São Francisco e ao longo do Rio Paraíba) e a tendência é que se acabar com o racionamento, [o açude de] Boqueirão volte ao colapso novamente”, alerta o coordenador.

Atualmente o açude Eptácio Pessoa, localizado em Boqueirão, no Cariri da Paraíba, está com um volume de 33.204.929 m³ de água, que equivale a 8,1% da sua capacidade, faltando 0,1% para sair do volume morto.

O racionamento de água em Campina Grande e mais 18 cidades termina no dia 26 de agosto, conforme anunciou no dia 8 de agosto o Secretário Estadual de Recursos Hídricos da Paraíba, João Azevedo.

Da Redação 
PB Agora

Comentários


SIGA-NOS

Todos os direitos reservados - Proibida reprodução total ou parcial deste site sem aviso prévio

Copyright © 2017 - ExpressoPB - CNPJ: 10.962.007/0001-48