sábado, 17 de novembro de 2018
SIGA-NOS

Bananeiras em busca da auto sustentabilidade econômica



Publicado em terça-feira, agosto 15, 2017 · Comentar 

Tornar as programações dos projetos do São João e da Rota Cultural Caminhos do Frio sustentáveis economicamente sem o uso de recursos municipais em Bananeiras. E ações buscando incrementar esse objetivo já começaram a ser implementadas nas versões do evento este ano e que também apontam reflexos diretos no bem estar da população local de maneira permanente. E a ideia é que a busca dessa libertação financeira ocorra também nas demais cidades que integram o projeto Caminhos do Frio.

Esse é o objetivo que o prefeito Douglas Lucena afirmou que busca e que pretende dar novos passos já no próximo ano. Ele explicou que na versão 2017, além da captação de recursos junto à iniciativa privada e de outras esferas governamentais através de parcerias para realizar o evento, a prefeitura de Bananeiras decidiu implantar medidas como a comercialização de mesas, que geram captação direta de dinheiro.

Douglas Lucena explicou que metade dos recursos obtidos da negociação das mesas da festa foi usada para pagar a própria festa e a outra parte para investir em alguma ação social definida pelos próprios moradores da cidade, através de votação on line.

No caso do São João, onde o modelo foi experimentado a primeira vez os moradores escolheram uma unidade móvel para a coleta e realização de exames, facilitando a vida das pessoas que moram mais distantes, na zona rural. No Caminhos do Frio, o formato foi usado e até o final do ano a aplicação social de parcela do que foi arrecadado será investido em algum definido pelos moradores da cidade.

“Em períodos de crise econômica como a que vive o país é preciso criar alternativas, buscar parceiras e maneiras do evento poder acontecer e crescer”, frisou Douglas Lucena, acrescentando que “o legado que quer deixar é que Bananeiras seja emancipada economicamente, que isso gere empregos e traga benefícios para a população e que essa emancipação econômica ocorra também com a diversificação das atividades, não só com o turismo”. Ele citou que um projeto de piscicultura está sendo implantado no município com investimentos de R$ 150 mil e que vai gerar 200 empregos.

Caminhos do Frio
A programação da Rota Cultura Caminhos do Frio em Bananeiras encerrou no domingo. O evento teve uma programação que durou uma semana e no, último sábado (13), contou com apresentação da Orquestra Sinfônica Infantil da Paraíba – UFPB na igreja matriz de Nossa Senhora do Livramento, que ficou lotada, e com shows em praça pública, tendo como ponto alto, a apresentação do cantor e compositor paraibano Chico César, que fez o público cantar e dançar com o show “Estado de Poesia”, que apresenta novas que dialogam com sucessos antigos dele e de outros autores.

Aliás, antes da apresentação o artista elogiou a decisão do projeto este ano priorizar apresentações culturais regionais. Chico César disse que a Paraíba possui grande riqueza cultural que precisa ser valorizada em sua própria casa. “É um prazer voltar ao Caminhos do Frio como artista (lembrando que foi Secretário Estadual de Cultura), é muito bacana participar do projeto”, afirmou.

Clóvis Roberto, especial para o Turismo em Foco

Comentários


SIGA-NOS

Todos os direitos reservados - Proibida reprodução total ou parcial deste site sem aviso prévio

Copyright © 2017 - ExpressoPB - CNPJ: 10.962.007/0001-48