Juiz manda prender homem por falso testemunho durante audiência de ação contra prefeito do Sertão


Um homem foi preso por falso testemunho, nesta sexta-feira (4), quando participava de uma audiência no Fórum João Espínola, na cidade de Itaporanga (PB). Ele era testemunha em uma Ação de Investigação Judicial Eleitoral (AIJE) contra o prefeito do município de Itaporanga, Divaldo Dantas (PMDB).

O agricultor teria mentindo ao ser ouvido pelo juiz Antônio Eugênio Leite, que responde pela 33ª Zona Eleitoral local, o que poderia comprometer a lisura da ação. O magistrado determinou de imediato a sua prisão em flagrante, sendo o homem conduzido para a 17ª Delegacia Seccional de Polícia Civil.

Além do agricultor, um jornalista da cidade de Patos, que teria produzindo um vídeo, principal elemento que motivou a AIJE, foi conduzido coercitivamente para prestar depoimentos também na delegacia. De acordo com o juiz, o produtor do vídeo, tido como declarante no processo, elencou várias situações que se contradisseram com o depoimento do itaporanguense, o que motivou a prisão.

A AIJE foi impetrada pela coligação “Início de um novo tempo”, que tinha como candidato a prefeito Djacy Junior (PSDB) na última eleição municipal.

Com Diamante Online

Comentários

Artigos relacionados

Leave a reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *