Favoritismo de Cristiane Brasil para o MinC joga ‘balde de água fria’ em pretensões de deputado da PB


O Ministério da Cultura, que ficou vago depois que Roberto Freire decidiu desembarcar do governo diante das denúncias da JBS. Agora é oferecido a parlamentares “leais”.

Quem já estaria interessada em ser ministra da Cultura é a filha de Roberto Jefferson, ex-deputado do PTB que foi condenado e preso no esquema que ficou conhecido como “mensalão”. Mesmo o PTB ter acenado votar contra Temer, Cristiane Brasil (PTB-RJ) foi a única da bancada carioca do partido que votou a favor do presidente na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ).

Com este interesse e, favoritismo de Cristiane Brasil, Temer pode jogar um balde de água fria no sonho do parlamentar paraibano André Amaral (PMDB) fiel aliado do presidente.

Lembrando que quase toda imprensa do estado da Paraíba deu como certo a escolha de Amaral para o MinC.

Da Redação 
Com Revista Páginas

Comentários

Artigos relacionados

Leave a reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *