segunda, 28 de maio de 2018
SIGA-NOS

Travesti é assassinada a tiros em JP e suspeito é ex-sargento da PM conhecido por agredir homossexuais



Publicado em domingo, julho 9, 2017 · Comentar 

Uma travesti foi assassinada a tiros, na noite deste sábado (8), na Praça do Conjunto Funcionários II, na Zona Sul da Capital. De acordo com informações, a vítima de 16 anos estava acompanhada do irmão gêmeo quando ocupantes de um veículo não identificado efetuaram disparos que atingiram a cabeça do adolescente.

Testemunhas relataram que o suspeito do crime é um ex-sargento da Polícia Militar da Paraíba. Ele teria chegado, indo em direção a vítima e atirado várias vezes.

Amigos da vítima que suspeito do assassinato já teria um história de agressão a homossexuais e já teria sido preso há cerca de 2 anos quando agrediu uma travesti dentro de um hotel após confundi-la com uma mulher.

Uma guarnição da Polícia Militar esteve no local e procedeu ao socorro do jovem na própria viatura para o Hospital de Emergência e Trauma Senador Humberto Lucena, onde o adolescente não resistiu à gravidade dos ferimentos e morreu ao dar entrada na unidade hospitalar.

A Delegacia de Crimes Contra a Pessoa (Homicídios) está investigando o caso, inclusive, a possibilidade do crime ter sido cometido por racismo e homofobia, já que, em uma rede social, a polícia descobriu conversa entre amigas da vítima, que se refere a um senhor racista.

Da Redação
Com WSCOM

Comentários
Tags : , , ,


SIGA-NOS

Todos os direitos reservados - Proibida reprodução total ou parcial deste site sem aviso prévio

Copyright © 2017 - ExpressoPB - CNPJ: 10.962.007/0001-48