Estudante encontrada morta em JP foi estuprada: “assassino está solto e vai voltar a atacar”, diz policial


Estudante de 14 anos da Fundação Bradesco desaparecida em João Pessoa é achada morta no matagal

A estudante Maria Juliana Silva, de 14 anos, que estava desaparecida há três dias, foi encontrada morta na tarde deste sábado (1º), em um matagal na Barra de Gramame, Zona Sul de João Pessoa.

De acordo com informações, o corpo da adolescente foi encontrado por populares, dentro de um matagal perto do antigo Posto da Manzuá, em Barra de Gramame. A garota usava uma camiseta da farda da Fundação Bradesco, onde estudava. Ela era moradora da Comunidade Santa Bárbara, no Valentina de Figueiredo.

Um policial militar revelou que a adolescente foi morta com dois tiros. Ele disse que que ela foi estuprada pelo assassino ou assassinos. “Esse bandido está solto e vai voltar a atacar”, disse o militar.

Da Redação 
Com Polêmica Paraíba

Comentários

Artigos relacionados

Leave a reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *