Parlamentar luta praticamente sozinha para reduzir férias de 6 meses dos vereadores da Baía da Traição/PB


Uma luta desigual e sem praticamente nenhum apoio. Essa é a situação da vereadora Luzia de Pompeu (DEM) da Baía da Traição, cidade do litoral norte, que desde abril tenta acabar com o famoso recesso parlamentar de 180 dias que atualmente tem direito os nobres parlamentares.

Apesar da causa justa, a proposta da vereadora não tem ganhado a simpatia de seus pares e dos nove com acento na casa, apenas dois declarou apoio a propositura.

“Por mais que seja legal o recesso de seis meses é imoral e inadmissível que a casa só trabalhe seis meses”, refletiu a vereadora Luzia Alice em contato com o expressopb.net na tarde desta sexta-feira (30).

O projeto deu entrada na secretaria da  Mesa Diretora desde abril e encontra-se emperrado justamente porque não encontra apoio da maioria dos parlamentares da casa.

A vereadora não descarta convocar a população para atos públicos que visem pressionar o legislativo a, no mínimo, apreciar a matéria, mas só quando o período legislativo retornar, já que a preço de hoje os nobres parlamentares encontram-se de férias.

Da Redação
Do ExpressoPB 

Comentários

Artigos relacionados

Leave a reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *