ExpressoPB

Mais violência na PB: Comerciante é assassinado em Curral de Cima e homem é alvejado a bala em Dona Inês


A violência assolou o último dia (28) dos festejos carnavalescos em todas as regiões do estado. No Vale do Mamanguape um comerciante foi assassinado e no Curimataú um homem foi alvejado a bala.

Leia também: Na Zona da Mata: Assalto em Mari, esfaqueamento e acidente em Sapé e execução em Pedras de Fogo

Na noite desta terça-feira (28) a Policia Militar da 2ª CIA registrou um crime de homicídio na zona rural do município de Curral de Cima, no Vale do Mamanguape. O comerciante Marcos Antonio Mendonça (foto), de 36 anos, foi assassinado a tiros durante um evento carnavalesco. Um homem apontado como o suspeito dos disparos foi detido para esclarecimentos.

Testemunhas afirmam ter ouvindo tiros e encontrado Marcos já baleado e resolveram acionar a polícia. A vítima ainda foi socorrida por amigos para o Hospital Geral de Itapororoca, mas já chegou sem vida.

Após rondas, os policiais localizaram o suspeito em casa, ele foi levado até a DPC Seccional para ser ouvindo pelo delegado plantonista. A arma do crime não foi encontrada.

O caso será investigado pela Delegacia de Homicídios da região.

Leia mais notícias da área policial

Em Dona Inês, no curimataú, uma discussão entre dois homens terminou com um deles atingido por dois disparos de arma de fogo. O crime foi registrado no início da tarde desta terça de carnaval (28).

Segundo a vítima, José Leandro Cruz da Silva, de 30 anos, residente em Dona Inês, os dois se encontravam em um açude, próximo a pedreira da cidade, quando entraram em vias de fato. O acusado, que tem 16 anos, sacou um revolver e efetuou seis disparos de arma de fogo contra a vítima, que foi atingida no braço direito e na região das costas.

A vítima foi socorrida por populares para a Unidade de Pronto Atendimento da cidade e em seguida transferida para o hospital de trauma de João Pessoa.

A Guarnição em serviço, comandada pelo CB Janduy, SD Inocêncio e SD Leonardo, na VTR6217, atendeu a ocorrência e efetuou várias diligencias nas zonas urbana e rural no intuito de localizar e prender os acusados, porém sem êxito.

Da Redação 
Do ExpressoPB/Informações de portais

Comentários

Artigos relacionados

Leave a reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *