ExpressoPB

Polícia prende um dos suspeitos de assassinar travesti em Areia, no brejo; outro está foragido


A Polícia Militar agiu rápido no sentido de identificar os possíveis autores do assassinato de um travesti na madrugada deste domingo (26) na cidade de Areia, no brejo da PB.

Leia mais: Sábado de Carnaval registra quatro assassinatos na PB: Em Araruna, Esperança, Areia e Boqueirão

No início da tarde a PM conseguiu prender Leandro Cardoso da Silva, 22 anos, que confessou ter participado do crime, mas apontou um colega como autor do assassinato.

Josenildo Galdino da Silva, conhecida por Chibata, 24 anos, teria, na versão de Leandro, o responsável pelos golpes que matou a vítima.

O crime teria motivação homofóbica, já que o suspeito detido teria revelado que a vítima teria sido morta após acertar um programa sexual com ambos suspeitos.

A prisão ocorreu na zona rural do município de Areia e o próprio pai de Leandro chegou a afirmar aos policiais que o filho teria confessado ao chegar em casa que teria matado uma pessoa.

A PM agora empreende esforços no sentido de prender o segundo acusado.

Da Redação 
Do ExpressoPB/Foto: Maispb

Comentários

Artigos relacionados

Leave a reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *