ExpressoPB

Operação de busca e apreensão em residência do ex-prefeito de Mari/PB e de assessores encontra documentos contábeis, computadores e notebooks


Oficiais de justiça que cumpriram nesta quarta-feira (17) mandado de busca e apreensão determinado pela juíza Kalina de Oliveira Lima Marques na residência do ex-prefeito de Mari, Marcos Martins, e de mais cinco assessores seus com o objetivo de recuperar documentos pertencentes à prefeitura daquele município, encontraram muitos objetos e um amontoado de pastas contendo documentos da edilidade. (Ver vídeos abaixo)

Leia também: Justiça determina busca e apreensão de documentos em casa do ex-prefeito do município de Mari/PB e assessores

Em duas residências do ex-prefeito Marcos Martins, uma em Sapé e outra na Fazenda Santo Antonio, as margens da PB 073, os oficiais encontram centenas de documentos em pastas numeradas com relatórios contábeis, escancelas e CPU de computadores. Na residência do ex-prefeito na cidade de Sapé, a operação foi acompanhada por uma funcionária da casa, tendo em vista que Marcos Martins chegou ao local no final das buscas, oportunidade em que foi devidamente citado.

Já na residência do ex-Secretário de Finanças, Luiz Carlos Paiva de França foram encontrados notebooks, carregadores, CPU de computadores, talonários de cheques e diversos documentos.

Nas buscas realizadas na residência do ex-Presidente da Comissão Permanente de Licitações, Felipe Medeiros da Silva, foram encontrados caixas com diversos documentos referente a tomadas de preço, pregão presencial, dentre tantos outros documentos relacionados à licitações.

No início da tarde desta quinta-feira (16) o Secretário de Administração do município, Gugu Xavier, o Procurador Geral Jucélio Américo, o procurador Adjunto Dr. Neto e o advogado Dr. Abraão estiveram no Fórum da Comarca local para receber o material apreendido e destina-lo para a sede da Prefeitura.
A imprensa acompanhou o momento em que a prefeitura, através de seus representantes legais, recebeu os objetos e documentos.

Pela manhã, na emissora de rádio local, a assessoria do ex-prefeito Marcos Martins, através do Dr. Joseilton Souza, minimizou a operação de busca e apreensão e disse ser natural o fato dos ex-gestores sempre levarem documentos do município para serem digitalizados e disse que a referida operação vem sendo usada como disputa política.


Da Redação 
Do ExpressoPB

Comentários

Artigos relacionados

Leave a reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *