quarta, 19 de setembro de 2018
SIGA-NOS

Artistas rompem silêncio para prestarem solidariedade a Lula



Publicado em segunda-feira, fevereiro 6, 2017 · Comentar 

1485368925271-suplicy-lulaHouve um tempo, especialmente da ditadura até os primeiros anos do pós-redemocratização, no qual a classe artística tinha participação efetiva na política brasileira.

Mas o ativismo foi perdendo força e, hoje, poucas personalidades da TV ousam associar sua imagem a partidos, políticos e ideologias.

Existe o temor da reação pública, já que vivemos um tempo de polarização e radicalismo, especialmente nas redes sociais.

Muitos atores, cantores e apresentadores, ainda que politizados, optam pelo silêncio para evitar a perda de oportunidades de trabalho, principalmente na publicidade.

Evitam fazer qualquer declaração sobre o assunto, jamais se deixam fotografar ao lado de lideranças políticas e ocultam gestos de apoio ou solidariedade. Uma autocensura que lembra – que ironia! – a perseguição às ideias do regime militar.

Os que ‘dão a cara a tapa’, como Regina Duarte, à direita, e José de Abreu, à esquerda, enfrentam críticas, deboche e até perdem fãs.

Fernanda Montenegro, Fábio Assunção, Patrícia Pillar e Lázaro Ramos: apoio ao ex-presidente
Fernanda Montenegro, Fábio Assunção, Patrícia Pillar e Lázaro Ramos: apoio ao ex-presidente

Foto: TV Globo / Divulgação

Na semana passada, vários famosos decidiram enfrentar o patrulhamento e enviaram manifestação de condolências ao ex-presidente Lula em razão da morte da ex-primeira dama, Dona Marisa Letícia.

No site do Instituto Lula foi feito um post de agradecimento às figuras públicas que se solidarizam com o petista.

Entre elas, artistas que raramente se expõem a respeito de questões político-partidárias, como Fernanda Montenegro, Fábio Assunção, Monica Martelli e Lázaro Ramos.

Além de personalidades da mídia com posição ideológica declarada e/ou militância midiática, como Paulo Betti, Letícia Sabatella, Cristina Pereira, Chico Buarque, Patrícia Pillar, Sérgio Mamberti, Tássia Camargo e Barbara Gancia.

Como quase tudo ligado à política neste momento, a tal lista repercutiu em diferentes direções, com elogios e ataques aos artistas que enviaram pêsames a Lula.

Ninguém passa incólume às diferentes correntes que monitoram a vida política e a internet.

Terra

Comentários


SIGA-NOS

Todos os direitos reservados - Proibida reprodução total ou parcial deste site sem aviso prévio

Copyright © 2017 - ExpressoPB - CNPJ: 10.962.007/0001-48