ExpressoPB

“Ninguém quer morrer”: presos escreveram carta pedindo ajuda


Os presos pediram ajuda e afirmaram que não queriam morrer Reprodução/Record TV

Os presos pediram ajuda e afirmaram que não queriam morrer
Reprodução/Record TV

O governo do Amazonas diz precisar com urgência do reforço federal para conseguir controlar os presídios do Estado. Uma carta, obtida com exclusividade pelo jornalismo da Record TV, mostra que os presos já temiam a morte 15 dias antes da rebelião. Eles pediram ajuda ao Tribunal de Justiça do Estado.

A carta do dia 10 de dezembro foi enviada por dois presos mortos durante a rebelião e foi protocolada quatro dias depois no Tribunal de Justiça do Amazonas. Nela, os detentos relataram ameaças e afirmaram correr risco de vida.

Além disso, eles denunciaram o subdiretor do complexo, que receberia dinheiro de uma das facções para facilitar a entrada de armas, drogas e celulares. Os presos pediram ajuda e afirmaram: ninguém quer morrer.

Da Redação 
Com R7

Comentários

Artigos relacionados

Leave a reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *