domingo, 20 de maio de 2018
SIGA-NOS

Revoltado com derrota, vereador acusa corrupção no PSB e será representado no Conselho de Ética

Publicado em quarta-feira, outubro 5, 2016 · Comentar 

emigi-1O vereador Renato Martins, do PSB, que não conseguiu a reeleição, acabou fazendo uma série de graves acusações contra colegas de partido. Os áudios vazaram na manhã de hoje e apontam a prática de suposta corrupção em benefício das candidaturas de Tibério Limeira, Tanilson Soares e Léo Bezerra, ambos eleitos para os primeiros mandatos na Câmara da capital.
Em seu desabafo, Renato chega a citar a secretária de Finanças do Estado, Livânia Farias e o diretor-presidente da Codata (Companha de Processamento de Dados da Paraíba), Krol Janio como supostos responsáveis por benefícios não republicanos aos candidatos. Ele também acusa o procurador-geral do Estado, Gilberto Carneiro, em outro caso, de recebimento de vantagem indevida na compra de material para a Secretaria de Educação, através da empresa Desk.
Por causa dos áudios de Renato Martins, o presidente do PSB de João Pessoa, Ronaldo Barbosa, emitiu uma nota na qual repudia veementemente as declarações do parlamentar, classificado de “irresponsável” pelo dirigente. Barbosa diz que o parlamentar fez “ataques criminosos” aos colegas e será representado por isso no Conselho de Ética do PSB. Confira a íntegra do texto:
O presidente do Diretório Municipal do Partido Socialista Brasileiro em João Pessoa, Ronaldo Barbosa, vem a público repudiar veementemente as declarações irresponsáveis do vereador Renato Martins, que atacou de maneira criminosa companheiros e companheiras de partido, sem a mínima comprovação dos absurdos proferidos.
 
O vereador, inconformado pela derrota nas urnas, de maneira antiética, procura transferir para outrem toda sua incapacidade pessoal de assegurar democraticamente a renovação do seu mandato na Câmara Municipal de João Pessoa. Atacando, caluniosamente, parlamentares eleitos na Capital.
 
Com base nisso, diante de apelos de diversos filiados, a presidência municipal do PSB estará encaminhando representação ao Conselho de Ética da legenda, a fim de que o vereador possa responder pela irresponsabilidade que cometeu e, consequentemente, sofrer as sanções partidárias estabelecidas pelo estatuto do PSB.
 
Importante destacar que o vereador Renato Martins, ao longo desses quatro anos em que exerceu o mandato pelo PSB, jamais fez menção alguma sobre os absurdos que proferiu após a derrota do último domingo (2).
 
Por fim, o presidente do PSB de João Pessoa rechaça por completo as acusações, reafirmando a lisura e o esforço pessoal de cada um dos candidatos eleitos pelo partido no processo deste ano. E se solidariza com os companheiros e companheiras injustamente atacados pelo vereador derrotado. Ao tempo que recomenda a cada um deles que, além da representação interna no partido, tome as providências individuais para responsabilizar o autor das calúnias no âmbito judicial.
 
O PSB é um partido que respeita as diferenças dos seus membros, mas não aceita que essas diferenças sejam pautadas pelo ódio e, especialmente, forjadas na mentira.
 
João Pessoa, 05 de outubro de 2016

Da Redação
Com ParlamentoPB

Comentários
Tags :


SIGA-NOS

Todos os direitos reservados - Proibida reprodução total ou parcial deste site sem aviso prévio

Copyright © 2017 - ExpressoPB - CNPJ: 10.962.007/0001-48