Djavan vira herói e garante vitória do Botafogo-PB contra o Confiança nos acréscimos


Foto: Vitor Oliveira/ Voz da Torcida

Foto: Vitor Oliveira/ Voz da Torcida

O duelo entre Botafogo-PB e Confiança-SE foi um verdadeiro teste para cardíacos. Com direito a gol do volante Djavan, aos 49 do segundo tempo, o Belo venceu por 2 a 1 e assumiu a vice-liderança do Grupo A da Série C do Brasileiro.

O jogo foi quente, com uma expulsão para cada time. O Botafogo-PB teve dificuldades contra uma equipe que, apesar de estar na zona de rebaixamento e com nove desfalques, veio para João Pessoa em busca da vitória.

Os primeiros 45 minutos do jogo foram de muita disputa, mas pouquíssimas chances foram criadas. As duas equipes tentavam sair para o jogo, mas erravam muitos passes e não conseguiam dar sequência às jogadas.

No Belo, o treinador Itamar Schulle resolveu repetir o esquema tático adotado na partida contra o Palmeiras, pela Copa do Brasil, com três homens na frente.

A primeira boa chance da partida aconteceu aos 15 minutos. O Confiança cobrou falta ensaiada e Cascata tocou para Thiago Silvy, que apareceu por trás da barreira e ficou cara a cara com Michel Alves, mas David Luís se recuperou e conseguiu desviar a bola para escanteio.

O Botafogo-PB não se encontrava em campo. Mesmo com Ruan e Carlinhos abertos nas pontas, o time insistia em trabalhar a bola pelo centro do campo, que era congestionado pelos jogadores do Confiança, e se atrapalhava mais ainda devido ao número grande de passes que errava. A única chance botafoguense na primeira etapa apareceu aos 29 minutos, quando Pedro Castro inverteu a bola da direita para a esquerda e encontrou Marcinho, que dominou e chutou no canto direito do arqueiro Júnio Belliato, que conseguiu fazer a defesa.

Segundo tempo

Na volta do intervalo o Botafogo-PB voltou com Gustavo na latera direita no lugar de João Paulo, e Saldanha na frente, na vaga de Ruan.

As mudanças demoraram a fazer efeito, e antes disso o time sergipano teve um jogador expulso. O volante Márcio fez falta dura em Saldanha, recebeu o segundo cartão amarelo e teve que deixar a partida.

Com um a mais, o Belo conseguiu criar sua primeira chance de gol no segundo tempo aos 19 minutos, quando David Luís cruzou da esquerda na cabeça de Rodrigo Silva, que testou no canto esquerdo, mas a bola passou a esquerda da trave. Aos 25, Saldanha desceu em velocidade pela direita, invadiu a área e bateu cruzado. Ninguém conseguiu desviar, a bola passou rente a baliza direita.

Em bola parada, o grito de gol quase sai da garganta do torcedor botafoguense mais uma vez. Gustavo cobrou escanteio pela direita e David Luís cabeceou livre na marca do pênalti, mas não acertou o gol.

Mas no lance seguinte a torcida explodiu na arquibancada. Marcinho encontrou Gustavo na direita. O lateral tocou para Warley, que só escorou para Saldanha, que chutou de pé esquerdo no cantinho direito rasteiro de Júniro Belliato, que se esticou todo mas não conseguiu evitar o gol do Belo, aos 30 minutos.

A alegria parecia que iria durar pouco. Dois minutos após marcar, o árbitro Wanderson Alves de Sousa viu falta de Djavan em Pingo dentro da área, e acabou marcando pênalti. Na cobrança, Wallace mandou no meio do gol e empatou o jogo.

O Botafogo-PB tentou pressionar, mas sofreu mais um baque quando teve o lateral direito Gustavo expulso por cometer falta forte em Pingo.

Aos 48, já nos acréscimos, o goleiro do Confiança saiu catando borboletas duas vezes e tocou com a mão na bola fora da área. O árbitro marcou falta. Na cobrança, Pedro Castro tentou acertar o ângulo esquerdo do gol, mas a bola subiu demais.

Quando parecia que o empate seria inevitável, o herói improvável apareceu. Djavan pegou o rebote na intermediária, driblou o marcador e acertou uma bomba com a perna esquerda no canto direito do goleiro, fazendo a torcida botafoguense quase colocar o Almeidão abaixo.

A vitória dramática por 2 a 1 deixa o Botafogo-PB com 26 pontos na tabela de classificação, e o time sobe para a segunda colocação. O Fortaleza, com a mesma pontuação, lidera pelos critérios de desempate. A próxima partida do Belo pelo Grupo A da Série C será no próximo domingo (11), em Arapiraca, contra o ASA.

Ficha técnica

Botafogo-PB 2 x 1 Confiança-SE

Campeonato Brasileiro Série C 2016 (Grupo A – 16ª rodada)
Estádio: Almeidão (João Pessoa)

Arbitragem: Wanderson Alves de Sousa; Ricardo Junio de Souza e Wesley Moreira de Carvalho.

Gols: Saldanha, Djavan (B); Wallace (C)
Cartões amarelos: André Paulino (B); Márcio, Gil Mineiro, Felipe Cordeiro, Mateus Salustiano, Lucas (C)
Cartão vermelho: Gustavo (B); Márcio (C)

Botafogo-PB: Michel Alves, João Paulo (Gustavo), Plínio, André Paulino (Warley), David Luís; Djavan, Pedro Castro, Marcinho; Ruan (Saldanha), Carlinhos, Rodrigo Silva. Técnico: Itamar Schulle.

Confiança-SE: Júnior Belliato, Felipe Cordeiro, Mimica Mateus Salustiano, Everton Santos; Lucas, Márcio, Cascata (Orobó); Pingo (Heron), Gil Mineiro, Thiago Silvy (Wallace). Técnico: Roberto Fernandes.

Da Redação 
Com @Vozdatorcida

Comentários

Artigos relacionados

Leave a reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *