sexta, 14 de dezembro de 2018
SIGA-NOS

“Aliança com satanás foi força de expressão”, diz Hervázio para Ronaldinho



Publicado em quinta-feira, junho 16, 2016 · Comentar 

hervasio_bezerra_walla_santosAs provocações entre o líder do governo na Assembleia Legislativa, Hervázio Bezerra (PSB) e o vice-prefeito de Campina Grande, Ronaldo Cunha Lima Filho (PSDB), chegaram ao seu ápice na tarde de hoje, quando os dois concederam entrevista simultânea a Rádio Arapuan FM.

Tudo começou ontem, quando o socialista Hervázio acusou o senador, Cássio Cunha Lima (irmão do vice-prefeito de Campina) de se aliar até com o Santanás para vencer as eleições municipais deste ano. Já Ronaldinho rebateu, acusando Hervázio de ser oportunista e de ter traído o ex-senador, Cícero Lucena, quando se aliou a Ricardo Coutinho.

Durante a entrevista Hervázio disse que não traiu ninguém, já que “não jurou fidelidade a Cícero nos pés de nenhum padre”.

Ao ser informado que Ronaldinho estava ao vivo junto com ele, Hervázio mudou o tom e fez questão de registrar que não ofendeu a moral do senador Cássio, mas Ronaldinho disse que citar Satanás como aliado era uma ofensa muito grave para ele e sua família, sim. “Eu quero saber quem é o Satanás que você está falando. Porque se for o prefeito Luciano Cartaxo, o seu governador foi aliado dele nas últimas eleições, Hervázio”, disse Ronaldinho.

O debate dos dois só esfriou quando o vice-prefeito lembrou que os dois são homens públicos e que devem debater temas de interesse da sociedade como “a grave crise hídrica em Campina Grande”.

“Tire satanás do seu coração e da sua cabeça, Hervázio”, provocou Ronaldinho. Por sua vez o socialista respondeu: “Foi uma força de expressão, meu debate é político e não pessoal”, justificou o líder.

Da Redação
ClickPB

Comentários


SIGA-NOS

Todos os direitos reservados - Proibida reprodução total ou parcial deste site sem aviso prévio

Copyright © 2017 - ExpressoPB - CNPJ: 10.962.007/0001-48