sexta, 20 de abril de 2018
SIGA-NOS

Elizabeth Teixeira é encarregada de prestar homenagem e entregar rosas à Dilma, em JP

Publicado em quarta-feira, junho 15, 2016 · Comentar 

rcelizabethteixeiraCabe a Elizabeth Teixeira no auge dos seus 91 anos de idade e se locomovendo através de uma cadeira de rodas, a missão de prestar uma homenagem a presidenta afastada Dilma Rouseff (PT) que participa nesta quarta, 15, às 15h de uma Audiência Pública proposta pela Assembleia Legislativa da Paraíba com intuito de debater a democracia.

Personalidade ligada à luta do homem no campo, Elizabeth fará uma homenagem e entregará um buquê antes da fala de Dilma Rousseff. A informação foi revelada ao PB Agora por uma fonte ligada a organização, que também confidenciou que após a fala da presidenta afastada será realizada uma apresentação cultural capitaneada pelo grupo Seu Pereira e convidados, Totonho e Escurinho.

QUEM É: Elizabeth Altino Teixeira nasceu em Sapé no dia 13 de fevereiro de 1925) é uma trabalhadora rural e ativista brasileira. Enfrentou a família de latifundiários ao se casar com João Pedro Teixeira, trabalhador sem terra e negro. Ao lado dele, militou nas Ligas Camponesas na Paraíba. Em 1962, após a morte do companheiro, assumiu a liderança da organização no município de Sapé. Em diversas ocasiões foi presa. Numa de suas voltas para casa, descobriu que a filha mais velha, Marluce, havia cometido suicídio, acreditando que a mãe havia sofrido o mesmo destino que o pai. Com o golpe militar de 1964, teve que passar para a clandestinidade, adotando o nome de Marta Maria Costa e se refugiou em São Rafael (Rio Grande do Norte), com o filho Carlos. Permaneceu clandestina até 1981, quando foi encontrada pelo cineasta Eduardo Coutinho, que retomara as filmagens de seu documentário Cabra Marcado para Morrer. Foi morar em João Pessoa, numa casa que ganhou de Coutinho[3] [4] .Foi homenageada com o Diploma Bertha Lutz e a Medalha Epitácio Pessoa.

A casa onde viveu com João Pedro, em Sapé, foi tombada e destinada a abrigar o Memorial das Ligas Camponesas, em 2011.

PRESENÇAS: Pelo menos quatro governadores do Nordeste marcarão presença amanhã, quarta-feira (15), na audiência pública com a presidente afastada Dilma Rousseff (PT), em João Pessoa, Capital da Paraíba.Além do governador do Estado, Ricardo Coutinho (PSB), já confirmaram presença os governadores do Maranhão , Flávido Dino (PC do B); do Ceará, Camilo Santana (PT) e do Piauí, Wellington Dias (PT). Outras presenças ainda podem ser confirmadas durante esta terça-feira (14).

O governador do Maranhão, por exemplo, desembarca hoje em solo paraibano e deve participar de evento na Universidade Federal da Paraíba. Dos 36 deputados estaduais, 30 confirmaram presença, ficando de fora apenas os representantes da bancada que faz oposição ao Governo do Estado.Da bancada federal, a expectativa é que compareçam os três deputados que votaram contrário ao impeachmente, são eles: Luiz Couto (PT), Damião Feliciano (PDT) e Wellington Roberto (PR).

Mais de 120 veículos de comunicação, de todo o país, estão credenciados para evento.

Da Redação
Com PB Agora
Comentários
Tags :


SIGA-NOS

Todos os direitos reservados - Proibida reprodução total ou parcial deste site sem aviso prévio

Copyright © 2017 - ExpressoPB - CNPJ: 10.962.007/0001-48