ExpressoPB

Polícia prende acusado de assassinar vigilante guarabirense em Lucena e suspeito de vários homicídios em Sapé


prisõesA Polícia Civil da 8ª DSPC, sob o comando do delegado seccional Ricardo Sena, prendeu no início da tarde desta quarta-feira (08), um dos principais acusados de terem assassinado o vigilante Edinaldo Martins da Silva, mais conhecido como Amaral, residente no Conjunto Nossa Senhora Aparecida, em Guarabira, na noite de 14 de fevereiro deste ano, dentro de sua casa.

Anderson Marques Monteiro (Vulgo Oião) foi preso na cidade de Lucena, no Litoral Sul paraibano, mediante mandado de prisão temporária, expedido pela 1ª Vara de Guarabira. Além de “Oião”, mais dois homens estão sendo apontados como comparsas dele neste crime: um identificado como Marco Aurélio e outro como Ryanderson.

“Oião” também é apontado como um dos integrantes do homicídio de outro jovem identificado como Wagner Gomes do Nascimento, 21 anos, na cidade de Alagoinha, na Região Metropolitana de Guarabira, também este ano.

Já na terça-feira (07) policiais militares do Núcleo de Inteligência do 7º Batalhão prenderam um homem de 41 anos suspeito de praticar dezenas de homicídios na região de Sapé.

A prisão ocorreu no município de Sobrado, após os policiais terem recebidos informações de que Severino de Oliveira Filho estaria escondido na zona rural da cidade.

Diante das informações levantadas, foi montada uma operação para capturá-lo. Ao chegarem ao sítio, os policiais cercaram a propriedade.  Severino ainda tentou fugir pela parte de trás da residência, chegando a efetuar disparos contra os policiais, que revidaram. Durante a troca de tiros, o suspeito ficou ferido e foi socorrido para o Hospital de Emergência e Trauma da Capital

Foi apreendido ainda em poder do suspeito, um revólver calibre 38 com seis munições deflagradas e mais sete intactas.

Segundo o capitão Melquisedec Lima, comandante da 3ª Companhia do 7º BPM, subunidade responsável pelo policiamento da área, o homem estava com documentos falsos no momento da prisão. “Ele é considerado um criminoso de alta periculosidade e é suspeito de envolvimento em dezenas de homicídios na área, possuindo ao menos três mandados de prisão em seu desfavor”, pontuou o oficial.

A arma e as munições apreendidas foram levadas para Delegacia de Sapé onde também foi lavrado o flagrante.

Da Redação
Do ExpressoPB/Informações Portal Mídia.net

Comentários

Artigos relacionados

Leave a reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *