segunda, 18 de junho de 2018
SIGA-NOS

Vereador pede ao MP que investigue duplicidade de pagamentos recebidos por Primeira Dama da cidade de Mari/PB



Publicado em sexta-feira, maio 20, 2016 · Comentar 

12606893_560679124082984_821757139_nO vereador Magdiel Olinto manteve contato com a Redação do expressopb.net, na tarde desta sexta-feira (20), para informar que na próxima semana estará entregando uma representação ao Ministério Público solicitando que aquele órgão investigue a realização de pagamentos recebidos indevidamente e em duplicidade pela primeira dama do município de Mari, Andressa Serafim.

De acordo com o vereador, não bastasse a primeira dama exercer o cargo de Secretária de Trabalho e Ação Social do município, segundo extratos fornecidos pelo sistema do TCE/PB, a mesma teria recebido no período de outubro de 2015 à fevereiro de 2016, valores pagos pela prefeitura e, ao mesmo tempo e no mesmo período, pelo Instituto de Previdência Municipal – MariPrev. “Observamos nas informações no Sistema do SAGRES que os valores pagos à primeira dama, no período de outubro de 2015 à fevereiro deste ano, foram realizados em duplicidade e de forma indevida, pois ao que se sabe, a mesma estava de licença gestante durante esse tempo, motivo pelo qual ela não poderia receber da Prefeitura e do MariPrev,” observa o vereador.

O montante dos valores recebidos pela primeira dama no período de outubro/2015 à Fevereiro/2016 totalizam R$ 21.600,00 (Vinte e um mil e seiscentos reais), sendo R$ 10.800,00 pagos pela Prefeitura e igual valor pago pelo Instituto de previdência Municipal, no mesmo período. Magdiel disse ainda que, se tal fato for realmente comprovado haverá um crime sem precendentes quanto a moral e a ética, uma vez que a Secretária, que também é esposa do chefe do executivo, deveria dar exemplo de probidade, e não de improbidade, como o caso parece revelar.

Na representação, Magdiel pede ao Ministério Público que abra procedimento investigatório para apurar a verdade dos fatos e se há crime passível de denúncia de improbidade administrativa, que deva ser punida pelo poder judiciário e a possível ação de ressarcimento dos prejuízos apurados.

Confira as folhas de pagamentos da PMM na qual aparece o nome da primeira dama (Click na imagem para aumentar):

Confira as folhas de pagamentos da autarquia MARIPREV na qual também aparece o nome da primeira dama (Click na imagem para aumentar):

Da Redação
Do ExpressoPB

Comentários


SIGA-NOS

Todos os direitos reservados - Proibida reprodução total ou parcial deste site sem aviso prévio

Copyright © 2017 - ExpressoPB - CNPJ: 10.962.007/0001-48