ExpressoPB

Dois meses após homologar resultado de concurso, Prefeito de Mari/PB abre Edital para contratar servidores temporários


Prefeito Marcos Martins (PSB)

Prefeito Marcos Martins (PSB)

Dois meses após homologar o resultado do Concurso realizado em outubro do ano passado, o prefeito do Município de Mari, Marcos Martins, mandou abrir Edital para realização de processo seletivo destinado ao provimento de cargos temporários.

O Edital de processo seletivo simplificado Nº.001 /2016 foi tornado público nessa quarta-feira (18), no site da Ápice Consultoria, empresa que também foi responsável pela realização do concurso em 2015.

De acordo com o Edital, a Prefeitura pretende contratar 44 servidores para cargos temporários de prestação de serviços como: Agentes de Limpeza Urbana (Gari), Agentes Comunitários de Saúde, Fiscal de Obras, Fiscal de Tributos, Médicos e Técnico em Edificações.

Oposição acha estranho e diz que vai pedir explicações

Os vereadores oposicionistas, Magdiel Olinto e Marcondes Baltazar, disseram estranhar o fato do gestor mariense querer realizar contratações temporárias após a realização de um concurso e às vésperas de um pleito eleitoral.

Homologação do Concurso publicado no Diário Oficial de 17 de março de 2016

Homologação do Concurso publicado no Diário Oficial de 17 de março de 2016

“Se havia há necessidade de novos servidores, essas vagas deveriam ter sido preenchidas através do concurso realizado recentemente. Aliás, os cargos de Agentes de limpeza urbana já vinham sendo mantidos pela prefeitura como contratações temporárias desde 2013. Porque esses cargos não foram incluídos no concurso?” questiona Magdiel.

Já o Vereador Marcondes Baltazar diz que o concurso da prefeitura de Mari deveria ter sido realizado desde 2013, após TAC (Termo de Ajustamento de Conduta) firmado entre a Promotoria de Justiça e a administração municipal naquele ano. “O Prefeito preferiu desconsiderar o acordo firmado com a Promotoria de Justiça, e só após nossa denúncia ao MP é que ele (Marcos Martins) resolveu realizar o certame. Agora, apenas dois meses após a homologação do concurso, aparece esse Edital para contratar servidores temporários para exercerem funções que tiveram pessoas aprovadas no curso para ocupar essas vagas. No mínimo, isso precisa ser explicado pela administração”, finaliza Marcondes.

Veja aqui a homologação do referido concurso no site da Ápice Consultoria.

Da Redação
Do ExpressoPB

Comentários

Artigos relacionados

Leave a reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *