ExpressoPB

Janot diz que Aguinaldo Ribeiro assumiu repartição de propina do ‘Petrolão’


MM-AguinaldoO relatório do Procurador Geral da República, Rodrigo Janot, que pede a inclusão de novos políticos em inquérito do Petrolão no Supremo Tribunal Federal, entre eles o paraibano Aguinaldo Ribeiro (PP), foi divulgado na noite de ontem e caiu como uma bomba para alguns dos indiciados, por que traz detalhes de como agia a gigantesca organização criminosa que sangrou a Petrobras.

Sobre Aguinaldo Ribeiro, Janot, diz que o paraibano juntamente com Eduardo da Forte, assumiram a partir de 2011 a repartição do dinheiro da propina proveniente da diretoria de Abastecimento da Petrobras, controlada pelo partido. Janot diz ainda que Aguinaldo substituiu Nelson Meurer na liderança do PP na Câmara no mês de agosto, o que não é comum, a não ser que haja crise, quebra de acordos ou disputa.

O procurador geral diz ainda que Aguinaldo Ribeiro e Eduardo da Forte, após assumir o controle da repartição da propina, ainda tentaram trocar Alberto Youssef, no controla da “caixa de propinas”, mas não conseguiram, pois o doleiro tinha articulação e confiança dos empreiteiros.

Da Redação
Com ResumoPB

Comentários

Artigos relacionados

Leave a reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *