domingo, 16 de dezembro de 2018
SIGA-NOS

Lula: faltou fazermos a regulamentação da mídia



Publicado em sábado, abril 9, 2016 · Comentar 

images_cms-image-000491071O ex-presidente Lula participou na noite desta sexta-feira (8) de um ato realizado pelos movimentos e entidades da Educação, no Centro de Convenções do Anhembi, em Santana, zona norte da capital paulista. Em seu discurso, ele destacou os avanços na área da Educação, pontuando programas como Prouni, Fies, Reuni, Ciência Sem Fronteiras e Pronatec. Lula também destacou a construção de escolas técnicas e universidades. Lula elogiou os estudantes, professores e pais que participaram dos atos contra a reorganização da rede escolar de São Paulo. No início do seu discurso, Lula pediu uma salva de palmas para os sem-terra que foram mortos no Paraná, na quinta-feira (7).

“Vocês vieram aqui hoje para defender o Estado Democrático de Direito. Não sei se todo mundo está acompanhando atentamente o que vem acontecendo no nosso querido país. Não é a primeira vez na história da humanidade que se nega a política, que se nega os partidos e se tenta destruir todos os movimentos sociais do país. Eu lembro do discurso de Hitler que fez nascer o nazismo. Eu lembro das razões que Mussolini apresentou para criar o fascismo. Lembro dos discursos que levaram Getúlio Vargas a morte. Eu lembro como é que eu fui tratado quando eu fui eleito presidente da República. Duvido – falo isso sem nenhum ponto de mágoa – que, na história deste país, um presidente eleito por um lado da sociedade tenha tratado todos com o tratamento republicano que eu tratei neste país”, afirmou.

Delação

Lula ironizou a delação do ex-presidente da Andrade Gutierrez, Otávio Marques de Azevedo. “Essa delação está me cheirando a um Big Brother. Ontem eu vi uma notícia de que uma empresa teria prestado delação premiada. Essa empresa é de Minas, é muito ligada aos tucanos, e eu fiquei pasmo porque na hora que aparece na imprensa, não aparece os tucanos. Será que as empresas têm um cofre de dinheiro sadio e um cofre de dinheiro podre? E o PT só vai no cofre de dinheiro podre? Rui Falcão, manda o PT pegar o dinheiro do cofre que os tucanos pegam”, afirmou.

“Estou com 70 anos de idade e estão tentando atacar o que para mim é mais sagrado, que é a minha moral. Me deram um apartamento que não é meu. Eles inventaram uma chácara que não é minha. Para serem minhas, eu tenho que comprar, tem que registrar no meu nome. Eles tentam provar que comprei no nome de outras pessoas. Duvido que tenha algum procurador, delegado ou juiz que seja 10 centavos mais honesto do que eu”, disse.

Imprensa

Lula voltou a fazer críticas à imprensa. “Não consigo lembrar quando a imprensa me tratou com respeito, mesmo quando eu era presidente aprovado por mais de 80% da população. Tenho profundo respeito pela imprensa. Quem deve julgar a imprensa é o telespectador, ouvidor, leitor. De vez em quando, eles precisam lembrar que o povo não é cabeça de bagre. Eles destilam ódio no horário nobre. Estão tetando transformar o Brasil numa sociedade meio a meio. Não irão transformar esse povo maravilhoso, que tem orgulho de andar de vermelho, num povo raivoso. Quem vai para a Paulista vestido de verde e amarelo é desinformado. Não temos raiva deles”, disse. “Não pode continuar nove famílias mandando na comunicação deste país. Nem fizemos tudo o que queríamos fazer, e uma das coisas é a regulamentação dos meios de mídia”, ressaltou.

“Não vai ter golpe”

O ex-presidente também criticou o ajuste fiscal promovido pelo governo da presidente Dilma. “Não queremos corte. Queremos crescimento, crescimento”, afirmou. “Aceitei ser ministro para ajudar o governo, para ajudar o país retomar o crescimento”, complementou.

Ele também rebateu a possibilidade de golpe. “Não há nada neste país que me faça baixar a cabeça. Não há hipótese de eu ficar quieto neste país. O Lula não está morto. Está mais vivo do que nunca. Não vai ter golpe neste país”, avisou.

Da Redação
Com Brasil 247

Comentários


SIGA-NOS

Todos os direitos reservados - Proibida reprodução total ou parcial deste site sem aviso prévio

Copyright © 2017 - ExpressoPB - CNPJ: 10.962.007/0001-48