sexta, 20 de julho de 2018
SIGA-NOS

Já são 5 os casos de H1N1 em JP; secretaria de saúde pede calma: “sem desespero”



Publicado em quinta-feira, abril 7, 2016 · Comentar 

H1N1Chefe de Imunização da Secretaria de Saúde de João Pessoa, Kiara Dantas, afirmou nesta quinta-feira (07) que já foram confirmados, em laboratório, cinco casos de pacientes com a gripe H1N1 até o final de março na capital paraibana.

“Esses pacientes, porém, não chegaram nem a ser internados, já foram tratados e passam bem”, contou.

Na entrevista concedida por telefone ao programa Rádio Verdade, da Arapuan FM, Kiara pediu que a população não se afligisse porque os profissionais de saúde da cidade estão bem preparados para enfrentar a doença e não é necessário ter pressa para se vacinar.

“É preciso ter calma porque a vacina é apenas uma das maneiras de prevenção. É preciso manter os hábitos de higiene, lavar sempre as mãos e evitar compartilhar objetos pessoais”, lembrou.

Kiara também revelou que já existe um plano de vacinação dos pessoenses, dando prioridades aos profissionais de saúde que trabalham em hospitais. Estes devem receber a vacina no próximo dia 18, enquanto a população deve começar a ser vacinada no dia 30 de abril.

“Vamos atender a todos na campanha. O problema é que o Ministério da Saúde ainda não recebeu todas as cotas de vacinas e por isso, não pudemos antecipar a vacinação”, contou.

Segundo o gerente de Vigilância Epidemiológica da capital, Daniel Batista, além dos cinco casos confirmados, outras 107 pessoas foram analisadas e seus resultados foram negativos. Ele afirmou que objetivo da Vigilância é monitorar o desenvolvimento da doença na cidade.

“A prioridade hoje é fazer as coletas de quem está interno, com suspeita da doença e a cada semana, podemos ver qual é o panorama geral da capital”, disse.

Segundo Daniel, o surto da doença é bem diferente da de 2009, quando vitimou várias pessoas pelo país, porque os funcionários de saúde já estão bem preparados. Ele também tranqüilizou as pessoas em relação ao uso da vacina.

“Nos meios de comunicação, parece que as coisas estão fora de controle, mas não é o que está acontecendo”, arrematou.

Da Redação
Com Paraíba.com.br

Comentários


SIGA-NOS

Todos os direitos reservados - Proibida reprodução total ou parcial deste site sem aviso prévio

Copyright © 2017 - ExpressoPB - CNPJ: 10.962.007/0001-48