terça, 24 de abril de 2018
SIGA-NOS

Vereadores de Serra Redonda/PB, são denunciados por desvio de imóvel de programa habitacional

Publicado em sexta-feira, Abril 1, 2016 · Comentar 

denuncia-casa-SerraRedondaUma denúncia protocolada no Ministério Público da cidade do Ingá, no agreste da PB, nesta quinta-feira (31) pode colocar alguns vereadores daquele município em maus lençóis.

Segundo apurou o expressopb.net uma senhora identificada por Maria do Socorro Marques de Melo, moradora do Distrito de Queimadas, naquele município  apresentou ‘Notícia de Fato’ acerca de um suposto desvio de imóvel construído pela Prefeitura Municipal de Serra Redonda com recursos do Programa Minha Casa, Minha Vida 2 , no qual a mesma foi contemplada.

Na denúncia, dona Maria do Socorro informa que foi beneficiada com uma moradia do referido programa, mas que desde o início da construção das moradias foi procurada pelo vereador  Anselmo Tavares de Pontes, que é o Presidente do legislativo, com  o objetivo da beneficiária recuar do direito de acesso a casa em favor de uma outra pessoa. Anselmo teria inclusive lhe apresentado um documento para que a mesma assinasse a renúncia da moradia.

Dona Maria do Socorro disse no MP que Anselmo passou a fazer ligações para a mesma e para o seu marido, dizendo que quem manda na cidade é o Prefeito e que ela tinha que passar a casa para quem eles quisessem, chegando a ir até a sua casa para lhe obrigar a passar a casa para  outra pessoa conhecida como Juliana Lira, que acredita não atender os requisitos do Programa Minha Casa, Minha Vida.

De acordo com a denúncia de Maria do Socorro, após os vários episódios de assédio, ela por medo, acabou cedendo em meados de 2015, quando foi até a sede da Prefeitura Municipal, onde o vereador Severino Alves de Lima Filho, irmão do Prefeito, entregou um papel para que ela assinasse na presença da pessoa para quem a casa estava sendo desviada.

A denunciante entregou ao MP, além da cópia da lista oficial dos Beneficiários do Programa Minha Casa, Minha Vida, diversas fotografias que comprovam a situação precária do imóvel no qual reside, que tem sérios problemas estruturais, em especial no telhado.

O Ministério Público da Paraíba, através da sua Promotora deverá abrir Procedimento para investigar o teor da denúncia, intimando os denunciados para apresentar defesa e informações.

Da Redação
Do ExpressoPB

Comentários
Tags :


SIGA-NOS

Todos os direitos reservados - Proibida reprodução total ou parcial deste site sem aviso prévio

Copyright © 2017 - ExpressoPB - CNPJ: 10.962.007/0001-48