ExpressoPB

Acusado de “achaque” e tentativa de venda de mandato, vereador de Mari reage: “nunca fiz isso e o prefeito vai desmentir Assis Firmino”


Vereador Bonito durante entrevista na Araçá FM

Vereador Bonito durante entrevista na Araçá FM

A temperatura política na cidade Mari, Zona da Mata da PB, continua em alta no episódio envolvendo o Secretário de Cultura e o vereador Adriano Cândido, o popular Bonito – ex-PV – atualmente filiado ao PMB.

Nesta quinta-feira (24) o vereador decidiu responder as acusações do secretário Assis Firmino de que teria tentado vender seu mandato ao suplente e que vivia cobrando propina ao prefeito Marcos Martins ao ponto do prefeito não poder pagar.

Leia também: Em dia de fúria, Firmino aumenta tom das críticas, expõe ‘achaque’ de vereador a Prefeito de Mari e provoca crise entre aliados

Bonito participou do Programa Liberdade de Expressão da Rádio Araçá FM, estava acompanhado da vereadora Vânia de Zú e do suplente-vereador Dedé da Prefeitura. Perguntado se ele teria cobrado propina ao 4º suplente de seu partido – Assis Firmino – para assumir o mandato, Bonito foi enfático: “Eu não esperaria que Assis Firmino fizesse essas colocações mentirosas”, contestou e prosseguiu: “quando entrei na política, entrei para fazer o melhor para a população mariense, sempre disse não sou um dos melhores vereadores, mas também não sou um dos piores”.

Em seguida o apresentador do Programa, Marcos Sales, voltou a perguntar se houve alguma conversa no sentido de cobrança de propina tanto a Assis quanto ao prefeito, oportunidade em que Bonito voltou a negar. “Eu tenho caráter e moral, coisa que Assis Firmino não tem, porque ele demonstrou ser um cara baixo, frio e calculista”, declarou.

Bonito taxou Assis Firmino de bajulador e disse que o Prefeito Marcos Martins vai desmenti-lo no ar: “quem vai desmentir Assis é o prefeito, na próxima entrevista dele, ele vai desmentir no ar, que Assis Firmino ele está mentindo”, disse.

O vereador ainda afirmou que desde o ano passado tem sido procurado por Assis para que o mesmo se afaste do mandato entre três ou quatro meses, com isso Firmino poderia assumir a Câmara. “Quem quer tirar um ou quatro meses na câmara ganhe”, ironizou.

O parlamentar fez críticas a atuação de Assis na Secretaria de Cultura, disse que o mesmo gosta de sombra e água fresca e que não tem feito nada em favor da cultura de Mari.

Adriano Cândido se mostrou bastante firme nas suas explicações e garantiu que acionará Assis Firmino na justiça para que o mesmo prove as acusações e garantiu que se o prefeito Marcos Martins não desmentir o seu secretário ele voltará a imprensa para falar muita coisa que ainda não falou.

Da Redação
Do ExpressoPB

Comentários

Artigos relacionados

Leave a reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *