ExpressoPB

Caetano Veloso compara ato anti-PT a atos de apoio ao golpe de 1964


1458475446829-caetano-e-gilConvidado para uma gravação do programa “Altas Horas”, da TV Globo, o cantor Caetano Veloso comparou as manifestações a favor do impeachment da presidente Dilma Rousseff a atos de apoio ao golpe de 1964 que deu origem à ditadura militar.

Caetano foi ao programa ao lado de Gilberto Gil para falar, entre outros temas, sobre a trilha sonora da nova novela da emissora, “Velho Chico”.

A gravação foi realizada na quinta-feira (17), quando Dilma empossou o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva como ministro-chefe da Casa Civil -quatro dias depois da maior manifestação registrada contra o governo, na qual 500 mil pessoas protestaram na avenida Paulista.

Caetano e Gil foram instados a dar seu posicionamento em relação aos atos pró-impeachment e questionados se há semelhança com o cenário político vivido em 1964.

“A manifestação de domingo, para mim, não foi suficientemente diferente da passeata da Família com Deus [pela Liberdade], que apoiou o golpe de 64”, disse Caetano, traçando um paralelo entre os movimentos da época endossados por artistas.

“Não reconheci nela a passeata dos 100 mil, da qual participamos. A gente participou de um movimento para uma possível volta da democracia. Grande parte da esquerda também não gostava do que a gente fazia”, lembrou ele, segundo o jornal “O Estado de S. Paulo” e o site iG, que acompanharam a gravação.

“Os acontecimentos estão se atropelando. Precisamos ter calma para olhar os acontecimentos. Não temos uma ditadura, mas o Brasil é um país desumanamente desigual e toda movimentação no sentido dessa tentativa de diminuir a desigualdade enfrenta a oposição da elite”, disse.

Procurado pela Folha, Caetano informou, por meio da produtora Paula Lavigne, que comentará o tema em seu perfil no Facebook. A Globo não deu detalhes sobre a gravação -o programa está programado para ir ao ar no próximo sábado (26).

Da Redação
Com Folha de São Paulo

Comentários

Artigos relacionados

Leave a reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *