sexta, 22 de junho de 2018
SIGA-NOS

No interior de SP, prefeita proíbe WhatsApp em hospitais e postos de saúde



Publicado em quinta-feira, março 3, 2016 · Comentar 

whatsapp_N8rIdtdA Prefeitura de Ribeirão Preto (SP) passou a proibir o uso de telefones celulares e equipamentos tecnológicos com acesso ao WhatsApp em unidades de atendimento como hospitais e postos de saúde, além de escolas municipais. A medida já tinha sido antecipada pela prefeita Dárcy Vera (PSD), ao relatar suposto caso de desacato por parte de servidoras da Unidade Básica Distrital de Saúde (UBDS), localizada no bairro Quintino Facci II.

A conduta das funcionárias envolvidas no caso será apurada por meio de uma sindicância a ser instaurada em breve, conforme posicionamento da governante. No decreto 33, publicado no Diário Oficial do município na última sexta-feira, 26, a administração proíbe o uso de dispositivos eletrônicos como celulares, tablets e até mesmo MP3, entre outras que permitam acesso às redes sociais por servidores públicos que estiverem em serviço em unidades de saúde da cidade.

A mesma determinação vale para pacientes e seus respectivos acompanhantes durante consultas e exames nos locais. O descumprimento da norma prevê orientação funcional, entre outros procedimentos previstos no Estatuto do Servidor, aos que desrespeitarem a regra. No entanto, nenhuma penalidade foi estabelecida para os que estiverem recebendo atendimento.

Entre as medidas anunciadas também está a restrição do acesso de profissionais de imprensa a unidades de saúde também foi estabelecida. Para ingressar em postos e hospitais os jornalistas deverão obter autorização prévia da Coordenadoria de Comunicação Social, após ouvir o responsável pela Secretaria da Saúde.

Da Redação
Comunique-se

Comentários


SIGA-NOS

Todos os direitos reservados - Proibida reprodução total ou parcial deste site sem aviso prévio

Copyright © 2017 - ExpressoPB - CNPJ: 10.962.007/0001-48