domingo, 24 de junho de 2018
SIGA-NOS

Rapaz sofre disparo de arma de fogo em Mari e polícia prende acusado de assassinato em Conceição



Publicado em terça-feira, fevereiro 9, 2016 · Comentar 

Vitima-acusado
Vítima de Mari (à esquerda), acusado de Conceição (à direita)

A terça-feira (09) de carnaval continua violenta em toda a Paraíba e mais uma tentativa de assassinato é registrado pela polícia, desta  vez na cidade de Mari, Zona da Mata da Paraíba.

Leia também: VIOLÊNCIA: Homem é morto a pedradas em Conceição e mototáxi é encontrado morto em Lagoa de Dentro

Já em Conceição, no sertão do estado, a polícia conseguiu prender o suspeito de matar um jovem a pedradas na madrugada de hoje.

MARI – Era por volta das 16h quando a polícia foi informada de o filho de um policial militar teria sido baleado e atingido no olho direito.

Ao verificar a informação foi confirmada a ocorrencia e a vítima identificada pelo apelido de “Kel”.

Socorrido consciente para o Hospital Dr. Sá Andrade em Sapé, Kel foi transferido por uma equipe do Samu para o Hospital de Emergência e Trauma, em João Pessoa.

A polícia encontra-se em diligências para prender o acusado do disparo já que a vítima identificou o acusado conhecido como Ari.

Veja momento da chegada da vítima no Trauma em JP na TVE, canal de vídeo do expressopb.net:

CONCEIÇÃO – No inicio da tarde desta terça (09) um suspeito de ter matado a pedradas o jovem Edinildo Liberato Pedone, mais conhecido como ‘Penteado’, 28 anos, foi preso pela polícia militar.

O crime ocorreu, por volta das 5h, na rua Lino Mangueira, no bairro São Geraldo. De acordo com informações da polícia militar, o suspeito havia se desentendido com a vítima recentemente. Ele foi visto por câmeras de segurança de um comércio, próximo ao local do crime, no mesmo horário em que ocorreu o assassinato.

Ainda de acordo com informações da polícia militar, o suspeito se encontrava com um tênis que continham manchas avermelhadas, semelhantes a sangue.

Diante das suspeitas, ele foi conduzido para a delegacia de polícia civil da cidade de Conceição, onde foi interrogado pelo delegado de plantão, Rodrigo Pinheiro, mas negou ter cometido o crime.

‘Penteado’ era um jovem muito querido em Conceição e prestava serviços ao presidente da Câmara de Vereadores, Flávio Mangueira.  “Era meu amigo e colaborador, fazia serviços pra mim, era meu ajudante, uma pessoa muito boa e prestativa, só vivia na minha casa”, disse o vereador.

Da Redação
Do ExpressoPB/Informações portais

Comentários


SIGA-NOS

Todos os direitos reservados - Proibida reprodução total ou parcial deste site sem aviso prévio

Copyright © 2017 - ExpressoPB - CNPJ: 10.962.007/0001-48