sexta, 19 de outubro de 2018
SIGA-NOS

Eleição terá maior uso da máquina pública, diz cientista político



Publicado em segunda-feira, fevereiro 8, 2016 · Comentar 

161190,362,80,0,0,362,271,0,0,0,0Faltando oito meses para as eleições municipais os partidos políticos já se organizam para o processo eleitoral deste ano que terá novas regras. Será a primeira campanha sem doações de empresas privadas prevendo estruturas menores e um peso ainda maior das máquinas governamentais no processo eleitoral.

Pré-candidatos a prefeito de municípios paraibanos acreditam que os gestores que estão com a máquina pública nas mãos, sairão na frente. Eles avaliam que como não há cultura de doação por pessoas físicas e o dinheiro do Fundo Partidário é pouco para cobrir os custos, a disputa nas cidades será com muito improviso e criatividade.

O cientista político e professor, Fábio Machado, acredita que pelo menos de forma inicial os candidatos que estão no poder levarão vantagem em relação aos seus concorrentes. Mas pondera que, ao mesmo tempo, devem enfrentar diversas críticas na administração, principalmente nas áreas de saúde e educação. “Será uma via de mão dupla”, disse.

Da Redação 
Com Portal Correio
Comentários


SIGA-NOS

Todos os direitos reservados - Proibida reprodução total ou parcial deste site sem aviso prévio

Copyright © 2017 - ExpressoPB - CNPJ: 10.962.007/0001-48