terça, 16 de outubro de 2018
SIGA-NOS

Se sentindo a “rainha da Inglaterra”, prefeita do brejo escanteia aliados, ignora imprensa e dispensa marqueteiro que se volta contra ela



Publicado em quinta-feira, fevereiro 4, 2016 · Comentar 

Darc Bandeira durante entrevista ao Professor Josa
Darc Bandeira durante entrevista ao Professor Josa

Os bons exemplos não merecem abandono, já dizia Ataufo de Paiva, mas tem agentes políticos que preferem não seguir essa premissa a sério, o resultado nem sempre é dos melhores.

Pois bem, em Mulungu, no brejo da PB, a Prefeita Darc Bandeira parece não querer seguir o bom exemplo da colega Prefeita Alcione Beltrão de Alagoinha e preferiu seguir o caminho inverso.

Começando seu quarto ano de mandato, a gestora mulunguense tem criado inúmeros percalços  e gerado desconforto para ela mesma, afastando de si aliados de primeira hora, basta olhar ao seu redor que dificilmente se encontra alguém que esteve com ela em 2012.

Logo ao assumir escanteou o grupo do vice-prefeito Fernando Leal, que se quer pôde sentir o sabor de compartilhar a gestão. O grupo do ex-prefeito Achilles Leal foi escanteado sem cerimônias pela prefeita que não demonstrou nenhum remorso no desligamento político.

Mas a frente o vereador Renato Macedo, o mais votado das eleições 2012 com 997 votos, desembarcou do seu projeto e mais uma vez Bandeira não se incomodou com a perca.

Apelidada por um ex-aliado de “rainha da Inglaterra”, por esse seu temperamento ‘tanto faz’, essas atitudes da prefeita tem lhe custado caro, até a possibilidade de ter o mandato cassado já foi cogitado nos bastidores da política mulunguense e nem isso foi capaz de sensibilizar Darc Bandeira que é vista por muitos como uma pessoa ingrata.

A Prefeita não se incomoda com nada, não concede entrevista a imprensa, ou melhor, seleciona com quem fala, para receber atenção da prefeita o veículo de comunicação tem que ter no mínimo uma ligação com o governo do estado.

A última da vez foi o escanteio de Darc ao seu marqueteiro ‘mó’, o professor Josa, diretor do Jornal O Farol, que desde quando ela – a prefeita – foi vereadora o professor lhe prestava serviços de marketing.

Nos últimos meses o professor tem intensificado as críticas a prefeita e a sua gestão e tem dado visibilidade as atividades políticas da oposição, inclusive sinalizando uma aproximação com a família Leonel, de quem foi durante os 8 anos da gestão de Zé, ferrenho adversário, extrapolando as até a questão política para o lado pessoal.

O rótulo de Zé Promessa, dado ao então prefeito José Leonel de Moura, foi criado pelo marqueteiro da então vereadora Darc Bandeira, professor Josa.

A ingratidão de Darc ao seu marqueteiro, pelo visto não ficará barato, e a prefeita já sente na pele as consequências, assim como fez com “Zé Promessa”, com João da Utilar em Sapé. Quase que diariamente o portal do professor trás denúncias e críticas da oposição direcionadas a prefeita e a sua gestão.

Em contra partida a Prefeita Darc Bandeira faz “ouvido de mercador”  aos gritos dos insatisfeitos e promete mostrar que vai para reeleição sem medo de ser feliz, só não se sabe se com todo esse histórico a alcaide mulunguense terminará esse processo sorrindo ou chorando com o resultado das urnas, o tempo dirá.

Da Redação
Do ExpressoPB

Comentários


SIGA-NOS

Todos os direitos reservados - Proibida reprodução total ou parcial deste site sem aviso prévio

Copyright © 2017 - ExpressoPB - CNPJ: 10.962.007/0001-48