ExpressoPB

Carta aberta assinada por Walter Júnior cobra da prefeitura campanha eficaz de combate ao Aedes aegypti em Solânea


Tanque com água suja bem na frente da UBS Manuel Miguel de Azevedo

Tanque com água suja bem na frente da UBS Manuel Miguel de Azevedo

O solanense Walter Júnior presidente do diretório do PMDB na cidade e pré-candidato a prefeito neste ano em Solânea divulgou, na manhã deste domingo (31), uma carta aberta ao prefeito Beto Brasil, em que cobra providências da prefeitura em relação ao combate ao Aedes aegypti, mosquito transmissor da dengue, chikungunya e zika vírus. Segundo o último Levantamento Rápido de Índices para Aedes aegypti (Liraa), divulgado pelo Ministério da Saúde, Solânea está entre as 152 cidades com risco de surto de Dengue.

Um dos motivos que levou o peemedebista a direcionar a carta ao gestor municipal é a falta de campanhas de informação da prefeitura que ajudem a esclarecer a população sobre os cuidados e ações e combate ao mosquito. Walter revela que mesmo Solânea tendo recebido nota no Índice de Infestação Predial (IIP) em % superior a de cidade como Sousa e Teixeira, não se vê por parte da prefeitura nenhuma campanha informativa. Outro ponto que causou grande repercussão pela mídia foi o descaso por parte da Secretaria Municipal de Saúde de Solânea que vem permitindo a criação de um verdadeiro balneário para proliferação do mosquito transmissor da dengue aedes ageyptis em um tanque com água suja bem na frente da Unidade Básica de Saúde Manuel Miguel de Azevedo, que fica amenos de cinquenta metro do Hospital Distrital de Solânea.

Leia a carta na íntegra:

Carta Aberta ao prefeito Beto Brasil

Apesar de Solânea estar entre as 152 cidades paraibanas com maiores índices de surto pelo mosquito da dengue, segundo revelou o último Levantamento Rápido de Índices para Aedes aegypti (Liraa), divulgado pelo Ministério da Saúde que apontou um Índice de Infestação Predial (IIP) na cidade de 8% ocupando a 52° no ranking, superior aos de cidade como Sousa e Teixeira, que obtiveram 5,4% e 7,1%, não se vê por parte da prefeitura nenhuma campanha informativa. O Aedes Aegypti, antes associado apenas à transmissão da dengue, é o mesmo agente transmissor da chikungunya e do zika vírus, trazendo ainda mais preocupação por estar relacionado ao aumento dos casos de microcefalia registrados na Paraíba, com a notificação, até agora, de 665 casos.

Acredito que a Prefeitura de Solânea poderia direcionar uma verba de publicidade para as campanhas de informação que ajudem a esclarecer a população sobre os cuidados e ações e combate ao mosquito. No entanto, o que temos visto, dia a dia, na mídia é a total negligencia da prefeitura. Também se até o próprio site da prefeitura (http://www.solanea.pb.gov.br/noticias) não é atualizado há mais de um mês o que esperar dessa gestão, no qual até o prefeito já desistiu da cidade. Reitero que o prefeito aproveite os últimos dias da sua gestão e promova uma campanha informativa no combate e prevenção da proliferação do mosquito Aedes Aegypti.

Assim, fazemos um apelo ao prefeito, para que a política de comunicação e publicidade da Prefeitura de Solânea seja revista, levando-se em consideração a gravidade da situação enfrentada, e que a dotação orçamentária disponível para publicidade institucional seja redirecionada para as campanhas de utilidade pública. Outra cobrança que fazemos é a imediata limpeza de um tanque com água suja bem na frente da Unidade Básica de Saúde Manuel Miguel de Azevedo, que fica amenos de cinquenta metro do Hospital Distrital de Solânea que se tornou um local perfeito para proliferação do mosquito transmissor da dengue aedes ageyptis. O local está descoberto sem nenhuma proteção. Vários casos de dengue foram registrados no ano passado naquela área da Bela Vista, Rua Padre Pinto e adjacentes, sem nenhuma ação de combate a proliferação do mosquito por parte da prefeitura.

Walter Júnior
Presidente do diretório do PMDB na cidade e pré-candidato a prefeito em 2016

Da Redação
Com Assessoria

Comentários

Artigos relacionados

Leave a reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *