domingo, 16 de dezembro de 2018
SIGA-NOS

Sobrinho de Prefeito da Zona da Mata tenta ‘cooptar’ ex-aliado que denuncia assédio nas redes sociais



Publicado em terça-feira, janeiro 12, 2016 · Comentar 

Jamisson_MMHá nove meses das eleições de outubro e a pouco mais de sete para o início do processo eleitoral já se pode perceber como deverá ser feita as negociações de bastidores para atrair novos ou retornar aliados, a menos que estas se tornem pública como se viu no caso em tela.

Em Mari, na Zona da Mata, o clima esquentou depois que o ex-coordenador da Juventude 40 na campanha do atual prefeito Marcos Martins em 2012, Jamisson Borges, que atualmente está rompido com os Martins, denunciou nas redes sociais o assédio que vem recebendo dos familiares do prefeito para que ele volte ao grupo.

Jamisson, que está no Rio de Janeiro por falta de oportunidade de trabalho em Mari, publicou um diálogo que teve com o sobrinho de Marcos, o jovem Neto Martins, no qual o mesmo promete que o prefeito vai resolver a situação de Jamisson com relação ao emprego.

Pelo visto Jamisson deixou o papo rolar para ter provas do assédio, mas desabafou: ” “É enrolando que agente pega o jegue”.. Bom o q posso fala eh que tá ai né passei três anos aí em mari perambolando a procura de emprego no qual nos vésperas da última eleição fui abduzido dizendo – se de parte.. pelo tal fenômeno laranja como era conhecido e levado para o planeta deles no qual fui enganado..”, alfineta.

Em seguida o rapaz continua: “e esquecido onde so se ouvia promessas de trabalho…Mais tá aí Ano político. La vem eles de novo..Ano de escolher quem vai guiar nossa amada cidade.. eu fiz minha e escolha voltei pra onde eu na devia ter saído da minha família”.

O desabafo de Jamisson viralizou nas redes sociais com compartilhamentos no facebook, curtidas e comentários dos internautas que estão reprovando a tentativa de atrair o apoio do ex-aliado oferecendo emprego em ano eleitoral.

Desabafo do ex-aliado no facebook
Desabafo do ex-aliado no facebook

Entidades de combate a corrupção, as igrejas e instituições como a OAB afirmam que este ano será essencial para que o eleitor e a população em geral possa responder com veemente a qualquer prática de corrupção nas eleições e prometem intensificar a fiscalização conclamando a sociedade a denunciar casos de tentativa de compra de votos.

Confira o diálogo publicado por Jamisson, entre ele e o sobrinho do Prefeito de Mari:

Da Redação
Do ExpressoPB 

Comentários


SIGA-NOS

Todos os direitos reservados - Proibida reprodução total ou parcial deste site sem aviso prévio

Copyright © 2017 - ExpressoPB - CNPJ: 10.962.007/0001-48